O KEFIR E A DIFERENÇA ENTRE PROBIÓTICOS E PREBIÓTICOS

3.jpg

Você já ouviu alguém falando que tinha kefir para doar e não fazia ideia do que a pessoa estava falando? Continue lendo o artigo para você entender do que ele se trata.

O que é Kefir?

A origem do Kefir é das montanhas do Cáucaso. Ele é considerado um probiótico, ou seja, um microorganismo vivo, portanto precisa ser cultivado, conseguimos os grãos de kefir através de doações de pessoas que já cultivam.

O Kefir é produzido através da fermentação do leite e conforme ele vai fermentando ele vai se multiplicando. Com o tempo você também pode virar um doador. Ele fermenta em aproximadamente de 18 a 24 horas, a uma temperatura de 20-25ºC. Após isso, ele está pronto para ser consumido. O kefir deve ser coado e os grãos precisam ser adicionados a outro leite, assim continuamente.

Ele parece um iogurte, porém seu valor nutricional e terapêutico é muito maior. O mais comum é o kefir de leite, mas também existe o de água e outros menos comuns. Uma vantagem no kefir de leite é que as bactérias lácteas utilizam a lactose para a fermentação e o teor deste açúcar diminui. Além disso, ele pode ser consumido por intolerantes à lactose.

Benefícios do Kefir

333.png
  • Ajuda no funcionamento do intestino, aumenta as bactérias benéficas e diminui as patogênicas
  • Sintetiza vitaminas do complexo B
  • Aumenta a resistência às infecções
  • Melhora o sistema imunológico
  • Melhora os níveis de colesterol
  • Ajuda na perda de peso
  • Diminui o risco de diabetes, doenças cardiovasculares e síndrome metabólica
  • Antifúngica antibacteriana e anticâncer
  • Ótima fonte de cálcio, fósforo, vitamina b12, vitamina B2, magnésio e vitamina D

O kefir pode ser consumido puro ou em preparações. Basta substituir o pelo iogurte e o creme de leitepor ele.

Probióticos

Probióticos são microrganismos vivos que chegam intactos ao intestino e que quando administrada em quantidades adequadas contribuem para o microbiota intestinal saudável, além de trazerem benefícios para a saúde. Alguns exemplos de probióticos são os lactobacilos e bifidobacterias. Além de poderem ser encontrados em grandes quantidades no kefir, os probióticos estão presentes em alguns iogurtes e produtos farmacêuticos.

Prebióticos

São resistentes à absorção, não são digeríveis pelas enzimas do trato gastrointestinal e estimulam o crescimento e desenvolvimento de bactérias benéficas, ou seja, ele é o alimento das bactérias probióticas. Os prebióticos podem reduzir os níveis de colesterol. Estão presentes na chicóriaalho poróbananatomatebeterrabaaspargosbatata yaconaveia,
alcachofra, entre outros.

Você já conhecia e faz uso do kefir? Tem sementes para doar? Comente nos comentários! Até a próxima!