COMO COZINHAR ALIMENTOS SEM PERDER OS SEUS NUTRIENTES?

1.jpg

Se você se preocupa com a sua saúde, provavelmente prepara suas refeições com cuidado, selecionando um menu cheio de coisas boas e balanceado para render um dia cheio de energia e vitaminas, certo? Mas sabia que, dependendo do jeito que você preparar a comida, muitos desses nutrientes podem se perder na panela? Para que essa ideia não tire o seu apetite — nem as vantagens da sua dieta super saudável! —, vamos te ensinar hoje como cozinhar alimentos preservando tudo o que eles têm de bom para você!

Aposente o descascador de legumes

11.jpg

Pois é, a casca dos alimentos é uma fonte riquíssima de nutrientes, e descartá-la pode ser considerado um desperdício! Batatas, maçãs e cenouras, por exemplo, desde que bem lavadinhas, podem ir do fogão para o seu prato com casca sem problemas. #DaHortaParaMesa

Já no caso de frutas como o maracujá ou o mamão, dá para assar a casca, batê-la no liquidificador e usar a farinha em bolos ou no iogurte. Aliás, a casca do maracujá preparada assim é excelente para quem tem diabetes, sabia?

Guarde o caldinho

111.png

A maioria dos nutrientes que se perdem quando cozinhamos os alimentos vai para a água do cozimento. Mas e se você guardasse esse caldo para preparar sopas, molhos e até servir junto com a comida? Essa é uma ótima maneira de aproveitar tudo e ainda fugir dos caldos industrializados, cheios de sódio e do temido glutamato monossódico.

Sele a carne na frigideira

Aquela tal técnica de selar a carne no fogo bem alto antes de cozinhar não é só frescura de gente metida a gourmet não. É que esse processo, além de deixar a carne mais suculenta e molhadinha, também ajuda a proteger os nutrientes que estão dentro dela. Para não precisar abusar da gordura na hora de selar, use uma panela antiaderente ou de ferro fundido, ok?

Não deixe as compras mofando na geladeira

1111.png

Além de correr o risco de desenvolver fungos e gerar odores indesejados na sua cozinha, ir à feira e deixar as frutas e legumes esquecidos na geladeira também faz com que você perca nutrientes. Isso porque, embora a temperatura baixa ajude a conservar os alimentos, eles vão se deteriorando sim (ainda que aos poucos), e cada dia na geladeira significa mais oxidação na comida e menos vitaminas e minerais para você, por isso tente consumir tudo rapidamente ou ir às compras com mais frequência!

Aposte no cozimento a vapor

Essa maneira facílima de preparar legumes, vegetais e até carnes é perfeita para manter o máximo de nutrientes neles. Se você não tem uma panela própria para isso ou não sabe como cozinhar alimentos no vapor, não se preocupe, dá para improvisar: é só colocar a comida lavada em uma peneira de alumínio ou escorredor de macarrão de metal e posicioná-lo sobre uma panela com água fervente. Fácil, não é?

Não demore depois de picar

11111.png

Já percebeu que, no caso de alguns alimentos — como maçã, banana e abacate, por exemplo —, depois que você os parte, eles começam a ficar escuros? Pois esse é um sinal de que a comida está oxidando e, consequentemente, perdendo nutrientes! A dica para evitar que isso aconteça é picar tudo em pedaços maiores (o que diminui a superfície de contato com o ar) e não ficar demorando demais para usá-los, viu? Já com o alho é o oposto. O ideal é picá-lo e deixa-lo descansando para a potencialização dos seus fotoquímicos. Interessante, não é mesmo?

Receita do Chef

Comprou muita salsinha e você não sabe o que fazer com ela? Que tal fazer um nutritivo e saudável azeite? Esse processo ainda melhora a biodisponibilidade dos fotoquímicos da salsinha.

A receita que você conferirá abaixo foi originalmente publicada no livro Escolhas e Impactos – Gastronomia Funcional, uma parceria do chef Renato Caleffi com a Dra. Gisela Savioli.

Azeite de salsinha

Rendimento 20 colheres de sopa

Utensílio Liquidificador

Ingredientes

• 4 xícaras de café de azeite • 1 punhado de folhas de salsinha • 1 dente de alho • 1 pitada de sal

Preparo

Em um liquidificador, adicione o azeite e o restante dos ingredientes. Bata até se tornarem uniformes. Pronto! E aí, o que achou das nossas dicas? Aprendeu como cozinhar alimentos do jeito certo para manter cada grama de vitamina no seu prato? Comente contando se você tem alguma outra dica ou dúvida e até a próxima!