COMO VIVER UMA VIDA SAUDÁVEL?

03.jpg

Muitas são as dicas de como viver uma vida saudável, agora você verá quais são as minha. É só continuar a leitura do post!

Precisamos pensar num plano alimentar completo, balanceado e não isolado. Ouvimos e lemos muito a respeito dos poderes dos alimentos e percebo que vivemos de novidade. Um dia aprendemos que chá verde faz bem e ficamos tomando chá verde 3 a 5 vezes ao dia até enjoarmos, assim acontece com a chia, com o goji berrie, com a linhaça, com a batata yaconbanana verde. Um dia cansamos e desistimos.

Também reparei que as pessoas desconhecem as características dos alimentos, tem gente que não sabe o que é salsão, nem batata yacon e nem seu sabor. Isso é só um exemplo. E como então preparar um menu variado com tanto desconhecimento? Precisamos ir mais às feiras!

Comer: um ato prazeroso!

003.jpg

Sabe por que? Porque comer precisa ser um ato espontâneo e prazeroso. Precisamos misturar e variar sabores, cores e texturas. O amargo, o doce, o salgado, o picante, e todas as sensações pecisam estar contidos numa boa receita. A mistura disso tudo e doses equilibradas podem gerar um prato incrivelmente delicioso. Por esta razão você irá se deparar com receitas minhas ou pratos contendo caramelo de aceto, curry, açúcar de coco ou demerara, sal de ervas e muitas outras especiarias, crocantes de sementes e oleaginosas e azeites de hortaliças amargas. Pode parecer estranho, mas isso garante um sucesso maior! E vale lembrar que não devemos mascara os sabores naturais como amargo e azedo. Percebê-los é muito importante.

Concordo que também precisamos de disciplina e informação. Eu falo muito sobre isso em meu livro Escolhas e Impactos, Gastronomia Funcional, afinal, vivemos e uma sociedade repleta de informações boas mas também enganosas. Outra dica é a de criar listas e grudá-las na geladeira ou num mural de fácil acesso.

Alimentos que devem ser evitados:

0003.png

Veja uma lista do que devemos evitar:

  • Industrializados
  • Corantes
  • Conservantes
  • Aditivos químicos
  • Comida com longa validade
  • Alimentos com agrotóxico

Alimentos que devem ser consumidos

000003.png

A segunda, é listar alimentos de alto valor nutricional e funcional:

  • Consuma mais alimentos orgânicos
  • Coma alimentos ricos em fibras e melhore a carga glicêmica da sua comida adicionando algumas dessas opções: chia, linhaça, gergelim, grão integral, brócolis, canela em pó, biomassa de banana verde, casca de banana verde, etc.
  • Consuma carboidratos bons, tais como: batata doce, inhame, cará, mandioca, mandioquinha, chuchu… Evite purês, que geralmente escondem alta quantidade de manteiga e creme de leite.
  • Ingira alimentos parabióticos como batata yacon, aspargo, alho, cebola, aveia e biomassa de banana verde, alcachofra.
  • Adicione muitas ervas na comida como: alecrim, tomilho, salvia, segurela, orégano, salsa…
  • Acrescente especiarias na comida como curry, cúrcuma, pimento vermelha, cominho, cardamomo, canela, mostarda em grão…
  • Na lista de como adoçar suas receitas coloque entre as opções: pasta de tâmaras, açúcar de coco, demerara, mel, melaço, batata doce…
  • Na lista de farinhas para sua receita, troque a de trigo por farinhas de grãos e leguminosas como quinoa, grão de bico, farinha de arroz, farinha de mandioca, fécula de mandioca…
  • Substitua o leite de vaca por leites vegetais, tais como: de amêndoas, castanha de caju e do Pará (ou Brasil). A vantagem de prepará-los em casa é que você tem de sobra, uma parte sólida, que temperada pode se transformar em uma ricota vegetal deliciosa.

Receita do chef

A receita abaixo foi originalmente publicada no livro Escolhas e Impactos –Gastronomia Funcional, uma parceria minha com a Dra. Gisela Savioli.

Ricota de castanhas

Rendimento 3 a 5 porções

Utensílios

Liquidificador, peneira fina ou filo, recipiente médio e colher

Ingredientes

  • 1 xícara de café de semente de girassol sem casca e crua
  • 1 xícara de café de semente de gergelim cru
  • 1 xícara de café de castanha de caju crua
  • 1 xícara de café de castanha do pará crua
  • 3 a 5 unidades de tomate seco (ou 1 unidade de tomate fresco)
  • 1 colher de café de orégano
  • 2 colheres de salsinha picada
  • Sal a gosto
  • Azeite (pode ser o azeite de tomate seco)

Preparo

Deixe as castanhas de molho na água por 24 horas. Bata no liquidificador até que fiquem bem trituradas. Passe por uma peneira fina ou por uma rede de filó. Reserve a massa de castanhas, que ficará parecendo uma farinha úmida. Reserve o líquido, pois ele pode substituir o leite, pode ser utilizado na receita de cavaca ou como liquido para bolos. Retire o óleo do tomate seco e pique bem (ou pique o tomate fresco). Misture a farinha úmida de castanhas com o tomate, o orégano, a salsa e o sal. Ajuste a consistência e o sabor com fios de azeite, com azeite de rúcula ou com o de sua preferência. Sirva soltinha ou aperte com as mãos faça bolinhas. Dica Armazene as bolinhas em um pote com o azeite do tomate seco. Prepare lanches gostosos e que sejam de fato nutritivos como um wrap de folha de couve cru mesmo, recheada de homus, paté e até mesmo a ricotta vegetal que ensinamos acima.

Quer mais Dicas?

Quer evitar ficar doente? Coloque na sua lista: maçã, cebola, tomate, frutas cítricas, frutas vermelhas, açaí, uva, chá verde, cacau, azeite de oliva extra, virgem, família das couves: couve, couve flor, couve de bruxelas, rabanete, nabo, repolho, agrião, mostarda.

Quer proteger o coração? Escolha alimentos como o alho, cebola, chá verde, gengibre, cacau, família das couves, alecrim, sálvia, manjericão, orégano, tomilho, segurela.

Quer se sentir mais disposto? Adicione na comida: Cúrcuma, gengibre, alecrim, cardamomo.

Quer proteger o fígado? Adicione nas receitas o alho, cebola, chá verde, gengibre, cacau, família das couves, alecrim, sálvia, manjericão, orégano, tomilho, segurela.

Quer garantir uma queima calórica? E evitar ganho de peso? Consuma: uva, pimenta, gengibre, pimentão, alcachofra, chá verde, família das couves, aipo, cebolinha, alcaparras, própolis, alho-porró, salsa, manjericão, alecrim, hortelã, camomila, mirtilo, tomate, maçã, frutas vermelhas e rabanete.

Quer preservar massa muscular e evitar flacidez? Pense nas uva, cebola, tomate, chá verde, cacau, alecrim, sálvia, manjericão, orégano, tomilho, segurela e açaí.

E para evitar problemas de imobilização e juntas, pense em ingerir: pimentão, azeite extra virgem, cereja, mirtilo, amora, morango, uva, maçã, alho, cebola, couve flor e repolho. Se for pensar em fontes de gorduras boas, escolha o azeite extra virgem, o óleo de coco e abacate e os azeites de oleaginosas e de abacate, inclusive. Se você gostar de abacate, prepare uma mousse deliciosa batendo no liquidificador ou processador: polpa de 1 abacate com 3 a 4 colheres de cacau em pó, uma pitada de canela em pó e 2 a 3 colheres de sopa de açúcar de sua preferência, utilizando a lista acima sobre escolha de açúcares.

Vamos começar uma vida mais saudável? O que achou das dicas? Você tem outras que possa compartilhar? Deixe seu comentário!