CHEF RENATO CALEFFI LANÇA LIVRO INFANTIL SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

7.jpg

No dia 15 de Setembro, na Livraria da Vila do Shopping JK Iguatemi, o chef art do Le Manjue, Renato Caleffi, e o escritor e publicitário, Alexandre Carvalho, lançarão livro infantil: “Achaz no Sítio da Banana Verde”.

Voltado para crianças, pais e educadores, a publicação inaugura a “Coleção Achaz – Alimentação, Consciência e Humanidade de A a Z”, que pretende promover a gastronomia funcional e orgânica e combater obesidade, colesterol alto, hipertensão e diabetes entre as crianças, promovendo saudabilidade à mesa.

Outro objetivo da “Coleção Achaz” é introduzir alternativas gostosas para as crianças e os adultos que sofrem de alguma restrição alimentar, como a alergia à proteína do leite de vaca e também ao glúten. Hoje no Brasil 350 mil crianças possuem alergia à proteína do leite de vaca e, no mundo, cerca de 42 mil crianças morrem por ano por causa da intolerância ao glúten.

Sobre “Achaz no Sítio da Banana Verde”

07.png

Numa visita divertida ao sítio de sua avó Heloísa, Achaz, um menino curioso, nem sonha que vai conhecer um superalimento: a biomassa de bananaverde com seus poderes incomparáveis. Além de descobrir e preparar a receita com a sua avó, Achaz ganhará uma grande amiga, a Bia Banana. No final da história, a crianças aprenderão como se faz essa e outras receitas, como o Milkshake de Chocolate, a Sopa Pink, a Amendolícia e uma maionese incrível pra acompanhar o lanche. As receitas são acompanhadas de uma glossário que explica o conceito de cada ingrediente de forma simples e instrutiva.

O livro já é um sucesso nas redes sociais entre os adeptos da alimentação saudável. Ele teve uma surpreendente adesão no financiamento coletivo, que arrecadou mais de 200% da meta para a viabilização de seu lançamento. Veja o vídeo da campanha do Kickante e apoie este projeto você também: https://www.youtube.com/watch?v=Pc575iul8bg

Reflexos da má alimentação das crianças

Segundo o chef Renato Caleffi, a obesidade e o sobrepeso infantil atingem 47,6% das crianças brasileiras de 5 a 9 anos. Na infância há o avanço de doenças como diabetes, colesterol alto, insônia e hipertensão, antigamente tidas como sintomas de adultos.

Por isso, é preciso combater este cenário e promover, na infância, a ingestão de alimentos de alto valor nutritivo, a agricultura sustentável e a difusão de uma gastronomia saudável para melhores escolhas no futuro.

De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) e a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), mais de 32% das crianças menores de 2 anos tomam refrigerante e suco artificial e 60,8% delas comem biscoito, bolachas e bolos. Para os autores, pais e filhos precisam se informar sobre a escolha alimentar. O desconhecimento a respeito da origem e da composição dos produtos, bem como de seus impactos sobre o desenvolvimento infantil, é um dos principais fatores da desnutrição em lares onde não falta comida, mas sim alimentos com propriedades nutritivas

Você preocupa com a alimentação das crianças? O que tem feito para ter uma melhor alimentação na sua casa? Até a próxima!