A INGESTÃO DE PROTEÍNAS NA ALIMENTAÇÃO VEGETARIANA

2.jpg

Existem vários motivos para alguém se tornar vegetariano, pode ser por questões de saúde, ambientais, defesa animal, econômicas, religiosas e até mesmo por prática de esporte como ioga.

Dicas para se tornar vegetariano

02.png

É importante que os vegetarianos conheçam os alimentos e as suas qualidades nutricionais, e variar o máximo possível. Ser vegetariano não significa que sua alimentação é saudável. Refrigerantes, bolachas, bolos industrializados e salgadinhos são alimentos veganos, mas não significa que são saudáveis, eles devem passar longe da sua alimentação. A pessoa vegetariana pode ser muito saudável, desde que saiba montar o prato corretamente.

Um erro comum entre os vegetarianos, ou de quem está querendo ser um, é consumir muito carboidrato. Por não saber o que escolher no cardápio, acabam optando por macarrão, sanduiches e pizzas. Opte por alimentos como: feijões, verduras, frutas, cereais integrais.

Não adianta do dia para a noite você querer virar vegetariano, o ideal é você ir trocando sua alimentação aos poucos:

  • Passe a comer carne de 1 a 2 vezes por semana;
    diminua o consumo de queijo gradualmente; aumente a quantidade de vegetais e legumes da sua alimentação;

  • Evite cereais refinados, prefira alimentos integrais: arroz integral, grãos, pães integrais e massas integrais;

  • Inclua sementes e oleaginosas: castanha de caju, amêndoas, semente de abóbora, semente de girassol, semente de gergelim;

  • Evite o óleo de girassol, de soja, milho e margarina, prefira óleo de coco e óleo de linhaça por exemplo.

Proteínas vegetais

002.png

É possível atingir a necessidade recomendada de proteínas sem ingerir as de origem animal. Existe uma grande quantidade de alimentos que contém proteína e a ingestão pode ser atingida tranquilamente utilizando apenas as proteínas vegetais. A proteína vegetal é bem completa. Alguns alimentos podem conter um teor baixo de um ou outro aminoácido, mas a combinação dos alimentos de grupos diferentes fornece todos os aminoácidos.

As proteínas de alimentos vegetais diferentes não precisam ser consumidas todos na mesma refeição. É mais importante ser consumido ao longo do dia. A qualidade da proteína vegetal depende da fonte ou da sua combinação, elas podem ser iguais ou melhores do que as proteínas animais.

digestibilidade das proteínas vegetais varia de acordo com a fonte e o preparo. Em alguns alimentos a digestibilidade da proteína vegetal pode ser tão alta quanto a animal.

ingestão de aminoácidos essenciais pode ser atingida tranquilamente utilizando apenas proteínas vegetais. Os aminoácidos da carne podem ser encontrados em outros alimentos vegetais.

Estudos sobre a alimentação vegetariana

0002.png

Estudos comprovam que quanto mais perto de uma dieta vegetariana menor o risco de desenvolver diabetes tipo 2, colesterol elevado, pressão alta e síndrome metabólica. Outro estudo comparou um grupo de não vegetariano com vegetarianos, o resultado mostrou que os vegetarianos consomem menos gordura saturada, assistem menos televisão, dormem mais horas por noite. Consumem normalmente mais alimentos de baixo índice glicêmico, frutas e verduras.

Comparado os onívoros com a incidência total de câncer, uma pesquisa mostrou que a incidência da doença foi 12% menor naqueles que só comem peixes, 11% menor em vegetarianos e 19% menor em veganos.

00002.jpg

O que você pensa da alimentação vegetariana? Conhece alguém que faz uso dela? Vamos continuar essa conversa nos comentários!